Jesus, nosso benfeitor

Jesus é o maior benfeitor da humanidade. Mostrou-nos o caminho do amor e da paz, mostrou-nos como viver na Terra. Abdicou dos Seus bens (espirituais) para caminhar junto à humanidade.

Jesus foi infinito em sua bondade, em sua misericórdia e sabedoria. Deixou-nos o conhecimento através do amor.

Jesus é o espelho magnífico da vida. Caminhar com Ele significa a ressurreição de tudo. É pegar as Suas mãos que estão sempre dispostas a todos nós, e lado a lado caminhar. O caminho será reto, será importantíssimo para todos nós.

Jesus é o perdão, é a glória. Quem quer um dia estar na casa do Pai tome as mãos de Jesus e O siga.

Todos nós nascemos simples, ignorantes, e na estrada da vida estamos nos aperfeiçoando. Sabemos meus irmãos, onde está a estrada da luz, onde está a estrada das trevas. Se quisermos a luz, teremos a luz. Se quisermos a escuridão, teremos a escuridão. A escolha é individual, depende de cada um. Aquele que não respeita a sua própria vida não é digno de ser filho do Pai. Aquele que não ama a sua própria vida não é digno de ter as bênçãos de Jesus Cristo. Aquele que em todos os momentos de sua vida se desvia para o caminho das trevas não é digno de dizer que é cristão e que é filho de Deus.

Jesus nos deu vários exemplos de vida, caminhos saudáveis. Então que não perecemos jamais nessa estrada. Que tenhamos coragem para dar os passos que precisamos na nossa evolução e encontrarmos a paz definitiva.

A Terra é apenas uma passagem, uma escola para o aprendizado da verdadeira vida. Mas os homens a idolatram, permitem que seus desejos materiais falem mais alto.

A Terra não é definitiva, o “céu” sim é definitivo. É a nossa morada definitiva. A morada do nosso Espírito, da nossa alma.

Jesus está com cada um de nós, dando-nos as mãos, ensinando-nos o caminho da verdade, do puro amor, da sabedoria e do conhecimento. Desviar é uma escolha nossa. Muitas vezes, não enxergamos sequer a luz maravilhosa de Jesus para sairmos das trevas e seguir o caminho do bem.

Escolhemos, pelas nossas fraquezas, o caminho que nos distancia de Deus, que achamos ser o mais importante para nós. Mas não nos esqueçamos que lá na frente existe uma lei sabia que está colocando na balança tudo àquilo que fomos e realizamos. Será cobrado ceitil por ceitil. Nossa consciência se encarregará disto.

Portanto, meus irmãos, venham para o caminho de luz que Jesus nos deixou através do Seu Evangelho. Depende de nós darmos os passos certos nessa estrada. Não tem outro caminho, não tem outra estrada. Somente o caminho que Jesus nos deixou, a escola que Ele deixou para os homens. É nela que devemos seguir, é nela que teremos que ser perseverantes. É nela que devemos nos entregar aos irmãos, nos entregar a caridade.

A caridade é o caminho que nos leva mais rapidamente as glórias de Deus. Amor e caridade caminham juntos, paciência e simplicidade caminham juntas.

Por que desviar, por que sair dessa estrada e irmos pela estrada torta? Vamos caminhar juntos, dar as mãos em beneficio dos irmãos mais necessitados, almejando sempre as bênçãos do Pai.

Você pode demorar nessa estrada, mas um dia chegará ao fim. Deus é paciente, Jesus é misericordioso. Um dia chegaremos lá. Essa é a esperança que Deus tem de todos nós.

Elevemos nossos pensamentos ao alto e peçamos misericórdia ao Pai, para que Ele venha a cada um de nós e nos dê as suas bênçãos.

Amemo-nos uns aos outros. Aqueles que nos fizeram bem, aqueles que nos fizeram mal. Somos todos irmãos nesta caminhada.

Que assim seja!

Alquemíades