Caridade

Para que reclamar se já recebesse o pão da vida? Para que reclamar se o pão foi posto em tua mesa para alimentar não só a ti como também os teus irmãos? Para que tanto reclamar, para quê? Quantos não têm uma migalha para se alimentar e tu tens tanto que chegas a colocar no lixo.

Para que te alimentar de desesperança quando já te foi dado o caminho de tanta esperança?

Acolhei aqueles que te pedem pela fome ou pela vontade singela do pedir. Nem coragem terias de ir a busca do pão na casa do teu irmão, então aqueles que se aproximam de ti, acolhei-os de boa vontade.

Se eles te enganarem a culpa não é tua, jamais será tua. Será deles mesmos, eles prestarão contas.

Não julgue sem necessidade, calai diante da verdade. O supremo amor de Deus não escolhe a quem jorra o sol, a quem Ele alimenta com a água para matar a sede do corpo físico. Por que vós julgais tanto?

Para que se alimentar de desesperança se o Divino Mestre alcançou diante das desventuranças a esperança de servir e de amar? Caminhava com os traidores, mas nunca os negou, por que tu queres negar? Por que reclamar tanto se já recebesse tanto e muito mais?

Não separe o joio do trigo, ainda não é hora de fazeres isso. Deixem que eles se juntem. Um dia serão separados pela humanidade, e ela colherá o trigo farto sobre a mesa da bem aventurança.

Mas não reclame ainda do joio, ele não está preparado para se separar do bom trigo. Você acha que está preparado para fazer esta separação?

Se estás, então levante e caminhe à frente nessa exaltação a Deus e a Cristo. Do contrário meu irmão, cale diante da verdade, pois a mentira colhe multidões de seus servidores.

Não se alimente dela, se é que já estas dela distante. Os farsantes estão por toda a parte. Caminham lado a lado contigo, assim como aqueles que já se percebem no caminho da verdade e do amor.

A falsidade, meu irmão, é criação do homem da Terra por longos e temerosos tempos.

Já justificaram a falsidade do tempo do Cristo amado, mas Ele sabia separar e se calar diante de muitas verdades que lhe vinham ao ouvido.

Alimentem quem pede, são filhos de Deus. Se fossem teus filhos, que farias? Não faça ao outro aquilo que não queres que te façam, avisou-nos o Divino Mestre Jesus.

Todos são nossos irmãos diante do Pai, todos são nossos irmãos diante do Mestre Divino. Não podes julgar na Terra quem é melhor, quem é pior, do contrário estarás julgando a ti mesmo.

Quando estiveres no caminho da verdade, da dignidade, quando estiveres plantando somente o trigo, então não julgarás mais ninguém.

Este é o sentido da vida, meus amados irmãos. Acolhei a todos pela satisfação, pelo prazer e não pela crítica e pelo desinteresse. Se tiveres o pão, entrega o teu pão.

Não queiras fazer o teu progresso espiritual marchando contra o tempo, inventando coisas que não possas atender de coração, com afeto e com humildade.

Quem rebate (repele) um só semelhante, ainda planta nos seus corações o rancor e a repulsa. Empregue a esperança, a perseverança no bem servir e então acalentarás o Divino Mestre em teu coração. Senão, não adianta proclamar a tua libertação, pois ainda és escravo da satisfação do negar.

Cubra-te com a verdade do Divino Mestre através do Seu Evangelho. Ele te consagrará com todas as palavras de verdade. Que possas caminhar por elas. Alimentem-se de esperança, através do pão de cada dia que Ele nos entrega.

Chegue aos irmãos necessitados com ternura, dando pelo menos um bom dia, cumprimentando-os, agradando-os, afinal são teus irmãos.

Você compreende que eles não têm ainda o mesmo entendimento que você, então faça com que eles cheguem até você através do afeto e do carinho.

É o mínimo que podes fazer em gratidão a vida que Deus te entregou e na certeza que o Divino Mestre está sempre te acariciando nesta estrada de amor e de paz. Não importa quem são, importa que você faça, sem criticar, sem desiludir corações.

Amem-se, mas amem-se verdadeiramente no amor de Deus e no amor do Mestre Jesus, pois só assim Ele acalentará a todos com Sua luz maravilhosa. Se queres receber esta luz de Deus e de Jesus esteja sempre em posição favorável. Não com críticas, não com análises de baixo teor. Esteja na esperança do Pai, na esperança de Jesus para que todos possam participar da vinha do Senhor.

Que Deus te abençoe na tua caminhada. Que seja uma caminhada para servir e não para seres servido.

Que assim seja!

Policarpo Agostini